MultiPurpose

Projetos de Implementação da Estrutura IFRS 9

Experiência no desenvolvimento de atividades para o pleno atendimento aos requerimentos e exigências IFRS 9.

Conceitos e Padrões IFRS 9

Reconhecimento: Princípios e padrões para reconhecimento e desreconhecimento de ativos financeiros

Mensuração: Categorias de mensuração de ativos financeiros

Impairment: Critérios e padrões de provisionamento das perdas esperadas de crédito

Hedge Accouting: Conceitos e premissas para hedge accouting

Soluções Tecnológicas IFRS 9

OctaPlus IFRS 9 é a plataforma desenvolvida para atendimento das normas estabelecidas pelo IASB relativas a instrumentos financeiros e o cálculo de ajustes de risco de crédito.

A OctaPlus oferece sua experiência em projetos completos de implementação da estrutura IFRS 9, incluindo consultoria para o reconhecimento, classificação e impairment de instrumentos financeiros.

Projetos IFRS 9

  • Projetos completos de implementação da estrutura IFRS-9 seguem uma estrutura sequencial, organicamente configurada.
  • Desenvolvimento de atividades para a classificação automática dos instrumentos financeiros nas categorias mensuração.
  • Desenvolvimento de modelos matemáticos para parâmetros de risco, modelos macroeconômicos para geração de cenários prospectivos e cálculo de perdas esperadas de crédito.
  • Procedimentos e rotinas para a extração de informação, formatação de layouts de dados, requerimentos de relatórios.
  • Customização e implantação de solução autônoma de cálculo de provisões de crédito.

Saiba mais

IRFS 9 e Credit Impairment

  • Ativos financeiros que fazem parte do escopo de impairment da estrutura IFRS 9 devem obrigatoriamente reconhecer provisões para perdas esperadas de crédito.
  • As provisões para as perdas esperadas de crédito devem ser recalculadas e reportadas periodicamente nos relatórios financeiros das instituições.

Saiba mais

Alternativas de Abordagens

Uma instituição pode usar várias abordagens de cálculo das perdas esperadas de crédito para efeito de reporte do impairment. Uma abordagem simples, menos sofisticada, faz uso menor das informações contratuais. Uma abordagem avançada, mais complexa, faz uso de informações necessárias para a geração dos fluxos de caixa dos instrumentos e operações financeiras.

Reconhecimento e Mensuração de Ativos Financeiros

  • Reconhecimento inicial. Padrões e critérios IFRS 9 de desreconhecimento de ativos e passivos financeiros.
  • Aplicações dos padrões de reconhecimento de instrumentos financeiros: operações compromissadas, derivativos, swaps e outros derivativos.
  • Princípios e regras gerais de classificação. Categorias de instrumentos financeiros IFRS 9: AC, FVOCI e FVTPL.
  • Modelos de negócios para AC, FVOCI e FVTPL.
  • Padrões para valor de dinheiro no tempo e instrumentos financeiros com datas e montantes de pagamentos variáveis.
  • Tratamento de derivativos implícitos ou embutidos.

Saiba mais

Credit Impairment

  • Perdas Esperadas de Crédito (ECLs).
  • Avaliações individuais e/ou coletivas.
  • Aumento significativo do risco de crédito.
  • Perdas mensuradas com PDs anuais e PDs lifetime.
  • ECLs prospectivas e variáveis macroeconômicas.
  • Mensuração e cálculo de ECLs.

Saiba mais

Hedge Accouting

  • Instrumentos de mitigação e objetos de hedge.
  • Critérios de qualificação para hedge accounting.
  • Medidas de efetividade de hedges.
  • Tratamento de ajustes e rebalanciamento de hedges.
  • Tratamento de derivativos em hedges accounting.

Saiba mais

IFRS 9: Validação e Governança

  • Aplicação dos critérios de classificação dos instrumentos financeiros.
  • Metodologia de cálculos das ECLs.
  • Indicadores para aumento significativo do risco de crédito.
  • Uso de dados macroeconômicos projetados.
  • Relatório de reporte de provisões de crédito.
  • Segurança e solidez das informações.
  • Governança da estrutura IFRS 9.

Saiba mais

OctaPlus IFRS 9

OctaPlus IFRS 9 é a plataforma desenvolvida para atendimento das normas estabelecidas pelo IASB relativas a instrumentos financeiros e o cálculo das provisões para as perdas esperadas de crédito. A solução funciona de maneira independente ou integrada a outras soluções financeiras e de risco.
  • Classificação de Instrumentos Financeiros

    Mecanismo flexível possibilita a definição de regras de negócio em vários níveis de granularidade, para a classificação dos instrumentos financeiros em estágios de deterioração da qualidade de crédito ("Staging").

  • Geração de Probabilidades de Default Lifetime

    Transformação das Probabilidades de Default padrão para probabilidades ajustadas para horizontes iguais aos vencimentos das operações financeiras.

  • Geração de Parâmetros de Risco Forward-looking

    Transformação dos parâmetros incondicionais de risco para parâmetros dependentes de cenários macroeconômicos prospectivos ("forward-looking”).                                                                      

  • Cálculo da Perda Esperada de Crédito ("ECL")

    Cálculo das Perdas Esperadas Condicionais em cada cenário prospectivo e sua amalgamação probabilística sobre os cenários para produção das perdas esperadas forward-looking.

Go to top of page